segunda-feira, 30 de maio de 2011

Outro dia conheci uma senhora, dessas que parecem ser entidades. Preta, pretinha, de olhos claros, fina e com o corpo firme, apesar da idade. O olhar tinha um ar que não combinava com as rugas da pele. Mal entrei em sua casa, lançou-me:

- Qual seu nome?

-Mariana.

- Mariana.... Nome forte. Começa com Mar.

E hoje correndo na praia, vi a força com que as ondas batiam nas pedras resistentes, insistentes. Lembrei de mim.

Um comentário:

  1. arrepiante! Lindaaaa! morro de saudades de ti! beijo. beijo.

    ResponderExcluir